Notícias

Terça-feira, 26 de Outubro de 2010

E disse Jesus: No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo!

Mensagem para sua edificação.

Nos dias em que vivemos, multidões de pessoas são tomadas, constantemente, pelas mais diversas preocupações, cuidados, ansiedades, dúvidas e temores. Além de uma intensa preocupação, que chega a ser angustiosa tirando o sossego de muitos, bloqueando o ânimo e roubando lhes a fé. Muitos chegam a pensar que Deus os esqueceu. 

Entretanto, no tocante às aflições diárias, a Bíblia nos revela preciosas promessas de fé e esperança para todo aquele que crer. E, dentre elas, a que Jesus deixou: “Eis que estou convosco, todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mt 28-20). 

Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (Jo 16.33).

A palavra aflição,vinda do latim, significa: Agonia, angústia, sofrimento, tristeza, mágoa, pesar, dor, Cuidado, preocupação, inquietação, ansiedade, tormento, tortura. (Dicionário Aurélio)

A aflição, em sua essência, é o reflexo intangível do mal forjado pela criatura que o experimenta, e todo mal representa vírus da alma suscetível de alastrar-se ao modo de epidemia mental devastadora.

O valente rei Davi, foi um dos personagens da Bíblia que enfrentou grandes aflições, pois tinha muitos inimigos, e mesmo assim, repousou e descansou nos braços de Deus. Ele viveu momentos de angústia e sofrimento nas mãos de seus adversários.

Davi cometeu inúmeros erros e acertos, mas foi um homem segundo o coração de Deus, um verdadeiro adorador. Foi um homem que na hora da angústia colocava o rosto no pó e clamava a Deus por socorro com um coração quebrantado, despindo-se da túnica de rei e colocando a túnica do maior adorador que a humanidade já contemplou. Vejamos: “Eu te invoco, ó Deus, pois tu me respondes; inclina-me os ouvidos e acode às minhas palavras” (Sl 17.6).

O valente Davi estava em grande perigo e aflição por causa da malícia de seus inimigos, mesmo assim, ele não deixava de buscar socorro e proteção, dirigindo-se a Deus com súplicas e pedidos. Ele sabia que ao elevar a voz em oração, a providência chegaria, ainda que parecesse demorada aos olhos humanos. E disse Davi: “Invoco o SENHOR, digno de ser louvado, e serei salvo dos meus inimigos”(Sl 18.3).

O abalo das setas do maligno são tão impactante que o salmista disseca a profundidade de sua ação que atinge o mais profundo do ser humano, o interior e o exterior. Ele fala da angústia da alma, dos olhos brotam lágrimas, e até o corpo é atingido frontalmente, através de enfermidades e dores.

“Eu me alegrarei e regozijarei na tua benignidade, pois tens visto a minha aflição, conheceste as angústias de minha alma e não me entregaste nas mãos do inimigo; firmaste os meus pés em lugar espaçoso.  Compadece-te de mim, SENHOR, porque me sinto atribulado; de tristeza os meus olhos se consomem, e a minha alma e o meu corpo” (Sl 31:7-9).

A todo tempo, somos atacados por sentimentos terríveis que vêm tirar  nosso sossego e a paz do nosso coração. É uma força superior que atinge o mais profundo do ser, da alma, do espírito e  dos sentimentos. São setas do inimigo que nos paralisam, transtornam nosso viver, e nos fazem experimentar reveses e vulnerabilidades do nosso interior.

O sentimento de aflição é traiçoeiro, pois atinge nosso pensamento e nossa alma, produzindo sentimentos amargos, vazios, solidão, e uma sensação de impotência que muitas vezes, nos causa pavor e medo. Porém, cabe a nós, tomarmos a iniciativa de mudar o rumo das coisas através da oração e da real confiança em Deus.

É justamente isso, o que devemos fazer em situações semelhantes. Temos muitos inimigos como Davi, vivemos sob pressão dos nossos adversários, que a todo custo tentam roubar a nossa paz e nos trazer angústia e desilusões. Enfrentamos muitos perigos em nossa vida moderna; mas, da mesma forma que Davi, temos um Deus que age tão prontamente como agia no passado.

Contudo, a nossa mente tem o poder de focalizar tanto no medo, nas preocupações da vida, nos problemas que aparecem do nada, no desespero que nos aterroriza enfraquecendo nossas forças, ou até mesmo no sentimento de infelicidade. Como também, ela pode focar na confiança, nas soluções, no otimismo e no sucesso, pautado na oração e na confiança em Deus assim como fez o rei Davi e muitos outros que receberam vitórias ao entregar suas vidas nas mãos de Deus. Creia no poder de Deus e da oração e seja abençoado. A decisão é sua! 

Eu te amo, ó SENHOR, força minha!

(Sl 18.1) 

Equipe Sindinotícias: Volney Nascimento (Letras / UFES).

Tags: biblia, mensagem